Projeto Mazi
Projeto Mazi
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

A MISSÃO PASTORAL DA IGREJA

A MISSÃO PASTORAL DA IGREJA
Joncilei Mendes da Silva
ago. 10 - 5 min de leitura
020

A Parábola da ovelha perdida é certamente uma das mais conhecidas e representadas pelos cristãos primitivos. Existem relatos de que era comum encontrar em cálices a figura do Bom Pastor carregando uma ovelha nos ombros (Tertuliano 150 d.C.). Também em muitos sepulcros, telhados e paredes eram encontrados esta figura e também em diversos outros lugares em materiais como madeira, pedra e velino. Por que esta história impactou tanto a igreja primitiva a ponto de ser uma das suas representações favoritas? O que ela comunica de tão importante? Por que podemos dizer que sua mensagem é tão cristã? Porque ela sintetiza o cristianismo. Ela mostra que o cristianismo é sermos encontrados por Cristo enquanto estávamos perdidos e seguir o exemplo de Cristo em encontrar outros e conduzi-los de volta ao Reino.A Igreja de Cristo é o povo que foi encontrado por Cristo e que vive para alcançar outros que estão longe de Cristo ou se afastaram dele.A parábola é relatada em dois dos evangelhos, em Mateus 18:12-14 e em Lucas 15:3-7. Parece que Jesus contou a mesma parábola em ocasiões diferentes, para públicos diferentes e com ênfases e significados da parábola diferentes.Em Mateus a ovelha representa os “pequeninos” do reino que temos que cuidar para não causarmos que se percam através de escândalos, tropeços ou desprezo (Mt 18:6-7). Em Lucas a preocupação é com ovelhas que ainda não foram incluídas no reino. Os publicanos e pecadores que andavam com Jesus são estas ovelhas que eram excluídas do aprisco do reino e Jesus diz que devem ser resgatadas.Pela ótica dos evangelhos de Mateus e Lucas a missão da igreja é a mesma missão de Jesus – “Porque o Filho do Homem veio salvar o que estava perdido. ” (Mt 18:11).
A nossa missão como povo de Cristo é a mesma missão pastoral de Jesus. Cuidar daqueles que estão no reino para que não se desviem e também ir em busca daqueles que ainda estão do lado de fora do reino.
A missão pastoral da igreja é preservar os dentro e alcançar os de fora. Quando alguém dentro do reino se perde precisamos ir em busca dele e quando ainda está de fora é preciso ir lá fora em busca dos que são excluídos por causa do legalismo dos fariseus e escribas do nosso tempo.O que é necessário para cumprirmos esta missão pastoral de Jesus em nossa ação missionária?
1. Precisamos ter os olhos pastorais de Jesus atento a cada ovelha -
Às vezes com um grande rebanho é comum desviar os olhos de uma ou outra ovelha. Podemos nos descuidar de alguns buscando cuidar de todos. É necessário cuidado intencional redobrado. Aconteceu na igreja primitiva (At 6:1-7) com o descuido ás viúvas gregas, e acontece muitas vezes hoje também.
2. Precisamos ter o coração pastoral de Jesus que valoriza cada ovelha individualmente - O pastor da história não se contentou com as 99 e considerou uma perda mínima a 100ª ovelha. Ele não desistiu da ovelha desgarrada ou rebelde e foi atrás dela. Deus não desiste de nós. Ele nos atribui grande valor a ponto de nos resgatar através da morte de seu Filho.
3. Precisamos ter a vida pastoral sacrificial de Jesus que se arrisca pelas ovelhas - O pastor da história se arriscou para encontrar a ovelha. Ele poderia ter que enfrentar lobos perigosos, abismos mortais e até se perder no deserto. Jesus é o nosso Bom Pastor e Ele se sacrificou por nós. Ele encarnou, humilhou-se e foi humilhado. Ele foi cuspido, flagelado e crucificado até a morte. Ele bebeu do cálice da ira de Deus contra os nossos pecados. Tudo isso Ele suportou por amor a nós (Jo 3:16; 13:1).
4. Precisamos ter a alegria pastoral de Jesus ao receber de volta a ovelha perdida - O pastor da história encontra a ovelha, a carrega nos ombros, se alegra e celebra com os amigos e vizinhos esta ovelha restaurada. Ele não a deixa isolada em condicional por ter se desgarrada. Ele não a despreza por ser uma provável influência perigosa de desencaminhar as demais ovelhas. Ele a traz de volta para o lar. Ele se alegra e celebra a restauração de sua ovelha porque Ele a ama profundamente.O que entristece o coração de Deus deve também entristecer o nosso e o que alegra o coração de Deus deve também nos alegrar. Nada entristece mais a Deus do que ver suas ovelhas perdidas e não resgatadas. Igualmente nada alegra mais o coração de Deus do que encontrar Sua ovelha perdida. Deus é um Deus que busca (Jo 4:23). 

  • Jesus é a encarnação de todas as qualidades deste pastor, Ele é o nosso Bom Pastor (Jo 10:1-18). Este é o tipo de pastor que devemos ser uns para os outros.
Paz para sua casa
Joncilei


Denunciar publicação
    020

    Indicados para você